Ideflor-bio realizará concurso público em breve

Larissa Américo

Foi publicada na última quinta-feira, 13, no Diário Oficial do Estado, a Portaria 0455/2015, da Secretaria de Estado de Administração (Sead) que formalizou a criação da Comissão de Concurso Público C-200 para reposição do quadro de pessoal do Instituto de Desenvolvimento Florestal e Biodiversidade (Ideflor-bio). O concurso ofertará 65 vagas, sendo 34 para nível superior, 12 para nível médio e 19 para nível fundamental. O último concurso do órgão foi realizado em 2007.

Pela Sead, foram designados os servidores Manuelle Martins Costa Santos, Geisa Simone da Silva Souza Lima e Deborah Lanter Lamarão. Já pelo Ideflor-bio, foram definidos os servidores Larissa Américo Regis e Ana Cláudia Chaves Simoneti.

Para os cargos de Técnico em Gestão Ambiental, com exigência de nível superior de escolaridade, serão ofertadas vagas nas formações de Engenharia Florestal, Agronomia, Engenharia da Produção, Cartografia, Ciência Sociais (com e sem especialização em Antropologia). Também para o nível superior serão ofertadas vagas para o cargo de Técnico em Gestão de Informática e Técnico em Administração e Finanças, com formação em Ciências Econômicas. Para o nível médio serão ofertadas vagas de Assistente Técnico de Informática e Assistente Administrativo. Os cargos de Motoristas e Auxiliar Operacional exigem o nível fundamental de escolaridade. A previsão é que o edital do concurso seja publicado até janeiro de 2016.

Segundo Larissa Américo, gerente do Departamento de Gestão de Pessoas do Ideflor-bio, o concurso é essencial para suprir a necessidade de composição e reposição da equipe de colaboradores do Instituto. “Com a reforma administrativa que aconteceu no início deste ano, o Ideflor-bio teve um aumento de suas atribuições, o que acarreta a necessidade de um corpo técnico maior”, explica. Atualmente o órgão possui um total de 150 servidores, sendo 24 efetivos do Ideflor-bio, 50 cedidos de outros órgãos, 19 exclusivamente comissionados e 62 temporários.

Além da Região Metropolitana de Belém, o concurso também ofertará vagas para as regiões de integração do Baixo Amazonas, Xingu, Carajás, Araguaia, lago de Tucuruí, Guamá e Marajó, conforme a necessidade do Instituto. A remuneração é de R$ 2.918,39, para nível superior, R$1.203,34 para nível médio técnico, R$981,81, para nível médio, R$ 883,62 para motorista e R$ 788,00 para auxiliar operacional. A carga horária de trabalho é de 40h semanais.

O certame se soma a outros para provimentos de vagas em 16 órgãos da administração direta e indireta, entre secretarias, fundações, autarquias e empresas de economia mista.

Integram essa lista a Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), Polícia Civil, Centro de Perícias Científicas Renato Chaves, Departamento de Trânsito do Estado(Detran), Fundação Carlos Gomes (FCG), Secretaria de Estado de Educação (Seduc), Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas), Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (Emater), Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), Agência Estadual de Regulação e Controle de Serviços Públicos do Estado do Pará (Arcon), Instituto de Metrologia do Estado do Pará (Imetropará); Secretaria de Estado de Administração (Sead), da Secretaria de Estado de Assistência Social, Trabalho, Emprego e Renda (Seaster), da Fundação de Atendimento Socioeducativo do Pará (Fasepa), do Instituto de Gestão Previdenciária do Estado do Pará (Igeprev), Secretaria de Estado de Comunicação (Secom) e Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores do Estado do Pará (Iasep).

Também já foram publicadas as portarias dos concursos da área da saúde: Hospital Ophir Loyola (HOL), Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (HCGV), Fundação Santa Casa de Misericórdia do Pará, Secretaria de Estado da Saúde do Pará (Sespa) e Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa). Está prevista, ainda para este semestre, a publicação dos editais de concursos públicos para a área de segurança pública – Polícia Civil, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros -, somando 3,1 mil vagas.

Comentários estão desabilitados.