Feira do Produtor Rural, da UFRA, é realizada no Ideflor-bio

Na manhã desta sexta-feira (04), o estacionamento do Ideflor-bio foi palco para a Feira da Agricultura Familiar da Reforma Agrária, projeto da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), surgido a partir do Programa de Extensão “UFRA na Reforma Agrária”, que tem como objetivo promover o desenvolvimento dos assentamentos de reforma agrária e mostrar ao público a realidade da agricultura familiar e dos assentamentos.

O programa atua em parceria com agricultores familiares do Assentamento Abril Vermelho, localizado no município de Santa Bárbara (PA), que produzem alimentos de base agroecológica, livres de agrotóxicos. Frutas, legumes, hortaliças, tucupi, tapioca, ovos caipiras, iogurte natural, açaí, bolos, sucos, mel, molho de pimenta, frango caipira, pupunha, entre outros, foram comercializados pelos produtores.

A Feira também é realizada de uma a duas vezes no mês, dentro do campus da UFRA, em Belém, onde os agricultores vendem sua produção a preço de custo. O objetivo é ajudar a escoar a produção e fortalecer a atividade empreendedora dos trabalhadores.

O Programa “UFRA na Reforma Agrária” desenvolve vários projetos em assentamentos rurais, onde são produzidos uma diversidade de alimentos em sistema agroecológico, destinados à subsistência e, o excedente, ao mercado consumidor. A feira viabiliza uma integração com a comunidade, levando ao conhecimento da população serviços e projetos ofertados e realizados pela UFRA.

AGROVÁRZEA – Incentivando também a Agricultura Familiar e o Turismo Rural, a Gerência da Região Administrativa de Belém (GRB), da Diretoria de Gestão e Monitoramento de Unidades de Conservação (DGMUC), do Ideflor-bio, implantou o “Projeto AgroVárzea”, que visa promover a diversificação da produção das comunidades de populações tradicionais que estão dentro e no entorno das unidades próximas à Belém, visando construir Unidades de Referência Tecnológicas (URT) nas comunidades, priorizando as espécies nativas de interesse da população local, além de buscar resultados positivos relacionados tanto ao aspecto ambiental, quanto aos aspectos sociais, econômicos e ambientais dentro das UC’s.

Os produtores participantes do projeto realizaram, no mês de outubro, a 1ª feira do agricultor familiar, realizada também na sede do Instituto, do “Projeto AgroVárzea”, que contou com 15 produtores da Área de Proteção Ambiental (APA) da Ilha do Combu, APA Belém e do Refúgio de Vida Silvestre (Revis) Metrópole da Amazônia. Os produtos ofertados na feira eram de ótima qualidade e com preços acessíveis vindos diretamente de quem cultiva.

A agricultura familiar é alicerçada em princípios que estabelecem uma relação harmoniosa do homem com o meio ambiente. A sustentabilidade que essa forma de produzir promove é o que irá garantir a continuidade das próximas gerações. Já o Turismo Rural surge como alternativa de geração de renda e desenvolvimento em áreas rurais produtivas, relacionado a vivência em propriedades rurais nas quais o turista participa das diferentes atividades desenvolvidas neste espaço, quer como lazer ou aprendizado.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


GALERIA DE FOTOS:
 20161104_083035 20161104_083058 20161104_083331 20161104_091218 20161104_083053
20161104_083041 20161104_083047 20161104_091538 20161104_083323 20161104_083131
20161104_091140 20161104_083323 20161104_083951 20161104_091150 20161104_091511
20161104_091515 20161104_091547 20161104_091456 20161104_111127

Comentários estão desabilitados.