Ideflor-bio firma parceria para monitoramento do Gavião Real na região do Araguaia

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e o Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (INPA) assinaram um acordo de cooperação técnica, com o objetivo de estabelecer um regime de mútua cooperação, com fins de desenvolver capacitações, pesquisas e ações que proporcionem avanços na gestão e monitoramento da biodiversidade nas Unidades de Conservação Estaduais da Região Administrativa do Araguaia.

O acordo, que tem validade de 3 anos,  busca a efetivação do Projeto de Monitoramento do Gavião Real (PMGR), no Parque Estadual da Serra dos Martírios/Andorinhas (PESAM), Área de Proteção Ambiental (APA) de São Geraldo do Araguaia e seu entorno, fornecendo as bases para a concepção da geração de conhecimento e consequentemente alavancar a pesquisa e integrar a comunidade local, de maneira que possam contribuir nas ações de monitoramento.

Atualmente, o PESAM conta com o apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA), de onde conseguiu recursos de custeio para atividades de campo para o monitoramento do Gavião-Real. Nesse sentido, o Ideflor-bio através da Gerência da Região Administrativa do Araguaia (GRA), pretende integrar o programa de conservação do Gavião-Real junto com o INPA, com o foco específico na Harpia harpija, a partir da situação dos ninhos que já vinham sido monitorados anteriormente, além de outros que possam vir a ocorrer.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


Comentários estão desabilitados.