Ação de fiscalização resgata curiós na região do Araguaia

Sete Curiós que estavam sendo criados de forma ilegal e expostos a maus tratos foram resgatados em uma ação de fiscalização ambiental na Área de Proteção Ambiental (APA) Araguaia e Parque Estadual da Serra dos Martírios/ Andorinhas (PESAM), no período de 18 a 22 de setembro.

O trabalho foi realizado pela Gerência da Região Administrativa do Araguaia (GRA), do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), em parceria com a Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMAS) e Batalhão de Polícia Ambiental do Estado do Pará (BPA). A apreensão aconteceu durante rondas realizadas pelas equipes, nas margens do Rio Araguaia, com o intuito de inibir a caça predatória das tartarugas e a captura dos ovos.

Os pássaros resgatados foram devolvidos a seu habitat e tiveram suas gaiolas quebradas. A ação resultou também na apreensão de uma motosserra e qualificou uma equipe de consultores que estavam dentro da APA Araguaia com maquinário para pesquisa de extração de minério.

Além de ações de fiscalização, que visam proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade dos recursos naturais, a GRA/Ideflor-bio vem contribuindo também com ações de monitoramento e sensibilização das comunidades locais.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


GALERIA DE FOTOS:

Comentários estão desabilitados.