Encontro na COP 23 define esforço conjunto por sustentabilidade em áreas de manguezais

O Presidente do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), Thiago Valente, se encontra na COP 23, a Conferência Mundial do Clima, organizada pela Organização das Nações Unidas (ONU), na cidade alemã de Bonn.

O encontro também reúne, no Espaço Brasil, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho; o Governador do Pará, Simão Jatene; o Presidente da Ong internacional Rare, Brett Jenks; o Presidente do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade (ICMBio), Ricardo Soavinski, além da representante da Comissão Nacional de Fortalecimento das Reservas Extrativistas Costeiras e Marinhas (Confrem), Sandra Gonçalves, da Resex Mãe Grande, no Pará.

O governo federal, por intermédio do Ministério do Meio Ambiente e do ICMBio, o Governo do Pará e a ONG Internacional Rare, definiram a concretização de um esforço conjunto para consolidar políticas de preservação nas áreas de manguezais, tendo ações de fomento para o desenvolvimento sustentável das comunidades como uma das principais estratégias.

Durante o encontro, o presidente do Ideflor-bio, Thiago Valente, abordou as ações de fomento desenvolvidas pelo órgão para o desenvolvimento sustentável das comunidades, destacada como uma das principais estratégias para consolidar políticas de preservação nas áreas de manguezais.

O governador Simão Jatene também destacou que alguns números comprovam o quanto já se avançou na política de proteção dessas áreas. Porém, ainda é preciso muito para se avançar no desenvolvimento sustentável das comunidades que vivem ali e em seu entorno. E esta é a principal estratégia para garantir a proteção dos manguezais.

No Brasil existem atualmente 324 unidades de conservação federais, sendo 147 de proteção integral e 177 de uso sustentável. No total, são 18 milhões de hectares de manguezais no mundo, sendo que a Indonésia detém 23% desse bioma, e o Brasil aparece em segundo lugar, com 7,4%. No Brasil, a maior área de manguezais está localizada entre os estados do Amapá, Pará e Maranhão.

✎Texto: Com informações da SECOM


GALERIA DE FOTOS:
(Fotos: Daniel Nardin/SECOM)

   

Envie um comentário