Ideflor-bio renova conselhos gestores do Pesam e da APA Araguaia

A Gerência da Região Administrativa do Araguaia (GRA) realizou, no último dia 27 de abril, a renovação dos Conselhos Gestores do Parque Estadual Serra dos Martírios-Andorinhas (Pesam) e da Área de Proteção Ambiental (APA) Araguaia. A renovação aconteceu durante a 1ª Reunião Ordinária dos Conselhos em 2018, que teve lugar na sede da Universidade Norte do Paraná (Unopar), em São Geraldo do Araguaia, sudeste paraense.

“Durante a reunião, discutimos com os conselheiros a importância dos conselhos na promoção de uma gestão participativa e que inclua também os atores locais interessados em contribuir para um melhor desenvolvimento das UC’s. Os conselhos tiveram a permanência de representantes de algumas instituições, a renovação de representantes de outras e também a presença de instituições que manifestaram interesse em tornarem-se conselheiros da APA e do Pesam”, conta Evandra Vilacoert, gerente da Região Administrativa do Araguaia.

Os Conselhos Gestores do Pesam e da APA tem caráter consultivo e deliberativo, respectivamente. Sua principal função é auxiliar a GRA na gestão das duas Unidades de Conservação, por meio da aprovação, aconselhamento e implantação de projetos e políticas voltadas aos territórios. A participação nos conselhos acontece por um período de dois anos, com possibilidade de renovação.

Além do próprio Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio), por meio da GRA, participam também dos conselhos instituições como a Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa); as secretarias municipais de Meio Ambiente e Agricultura de São Geraldo do Araguaia; e instituições não governamentais, como a Associação dos Produtores Rurais da comunidade do Boqueirão; e o grupo dos condutores de trilha nativos da APA Araguaia.

A nova composição dos Conselhos Gestores dá-se após a realização de chamada pública, da qual puderam participar instituições com atuação na área ambiental, educacional, cultural e pesquisa científica, preferencialmente envolvidas com a região do Araguaia; e também grupos organizados de trabalhadores de empresas privadas e da população residente nos entornos do Pesam e no interior da APA Araguaia. Os conselheiros expuseram, durante a reunião, um breve descritivo das atividades realizadas pela instituição que representam e como essas atividades podem auxiliar na gestão das UCs.

“Temos certeza que a gestão das áreas estará fortalecida com a nova composição estabelecida para os Conselhos”, acrescenta Evandra Vilacoert.

Além da renovação dos conselhos gestores das duas Unidades de Conservação, a Gerência também apresentou aos conselheiros os novos colaboradores da GRA e abordou as atividades de gestão que serão realizadas pela Instituição durante o ano de 2018.

Texto: Dilermando Gadelha – Assessoria de Comunicação do Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.