Habitantes de Monte Alegre recebem capacitação sobre patrimônio arqueológico do Pema

A Gerência da Região Administrativa da Calha Norte I (GRCN-I), vinculada ao Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio) promoveu, entre os dias três e seis de maio, o curso de capacitação “Turismo e Patrimônio Arqueológico no Parque Estadual de Monte Alegre (Pema)”. A capacitação ocorreu no município de Monte Alegre, localizado na região da Calha Norte, no Baixo Amazonas.

O curso visou capacitar habitantes de comunidades do entorno do Parque Estadual para atuarem como condutores de visitantes e turistas no território. “Com a capacitação, buscamos qualificar os condutores, para que eles possam realizar a condução com segurança, repassando conhecimentos sobre os sítios arqueológicos aos visitantes e fomentando a valorização e preservação do patrimônio histórico-cultural da região de Monte Alegre”, conta Andreia Dantas, turismóloga da GRCN-I.

Vinte e um moradores de seis comunidades locais participaram do curso, o qual foi ministrado pela turismóloga Socorro Almeida e contou com atividades teóricas e práticas. As atividades teóricas foram realizadas na comunidade do Ererê, já as atividades práticas foram conduzidas nos sítios arqueológicos que compõem o território do Pema: a Serra da Lua, o Painel e a Pedra do Pilão – um dos principais atrativos do Parque – e a Gruta da Pedra Pintada.

“Durante as atividades, os participantes puderam conhecer diversas informações sobre o patrimônio cultural e histórico do Pema, já que esse patrimônio é a principal atração do Parque. Eles conheceram ainda o papel e o funcionamento das Unidades de Conservação na preservação da biodiversidade amazônica e dos elementos que contam a história dos grupos humanos que viveram no local há mais de 11 mil anos”, acrescenta Andreia Dantas.

A realização do curso de capacitação de condutores atende à Instrução Normativa estadual nº 004, de 12 de abril de 2017, publicada pelo Ideflor-bio, a qual estabelece os procedimentos adequados para o exercício de atividades de condução de visitantes em Unidades de Conservação estaduais, como é o Pema. Além dessa

 capacitação, a GRCN-I, em parcerias com instituições como a Secretaria de Estado de Turismo, também já ofereceu outros cursos de condução de trilhas e hospitalidade turística para habitantes da região. Todos os participantes do curso receberam certificação.

PEMA – O Parque Estadual de Monte Alegre é uma Unidade de Conservação de Proteção Integral com mais de 3,6 mil hectares de extensão. A UC está totalmente inserida no município de Monte Alegre a presenta como um dos principais atrativos turísticos uma série de formações rochosas e sítios arqueológicos com pinturas rupestres milenares.

Texto: Dilermando Gadelha – Assessoria de Comunicação do Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.