Servidora do Ideflor-bio ministra curso de produção de mudas em Ananindeua

Em comemoração à Semana do Meio Ambiente, o Parque Ambiental de Ananindeua – Antônio Danúbio, ofereceu um curso sobre beneficiamento e produção de mudas para estudantes de faculdades e universidades da Região Metropolitana de Belém. O curso aconteceu na manhã desta quarta-feira e foi ministrado pela engenheira agrônoma Laura Dias, servidora do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio)

Participaram do curso 25 alunos de instituições como Universidade Federal do Pará, Faculdade Panamazônica, Faculdade Metropolitana da Amazônia e Escola Técnica Rural Juscelino Kubitschek. Os participantes tiveram aulas teóricas e práticas sobre os diversos processos que envolvem a produção de mudas, desde a preparação das sementes até a plantação das mudas.

“Trabalhamos junto com os participantes o processo de germinação e quebra de dormência das mudas e também a preparação das embalagens em que as mudas são acondicionadas. Também ensinamos na prática a produção das mudas desde o preparo do substrato até a expedição e plantio dessas espécies florestais”, explica Laura Dias.

Durante o curso, foram semeadas mudas de diversas espécies amazônicas, como o Jatobá, a Fava Arara, o Mogno e o Paricá. Foi feita também a repicagem de mudas de Ipê Amarelo. A repicagem é o processo de transplantio de uma muda de sementeiras para as embalagens. As mudas foram produzidas e semeadas num viveiro rústico existente no Parque Ambiental de Ananindeua. Ela servirão para o uso no próprio parque e também para as comunidades do entorno.

O evento faz parta da XIV Semana do Meio Ambiente de Ananindeua e é organizado pela Secretaria de Meio Ambiente do Município. A programação da Semana contínua até o dia 8 de junho com diversas ações de educação ambiental.

Texto: Dilermando Gadelha – Assessoria de Comunicação do Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.