Programação promove saúde e educação ambiental em Monte Alegre

Várias atividades de educação ambiental tomaram conta de Monte Alegre durante a Semana do Meio Ambiente, que aconteceu entre o final de maio e o início de junho. No dia 31 de maio, a programação contou com palestras sobre os desafios da adolescência e também orientações sobre a saúde das crianças e dos idosos. Essa ação aconteceu na comunidade do Ererê, que fica nos arredores do Parque Estadual de Monte Alegre (Pema), gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio).

A Gerência da Região Administrativa da Calha Norte I, vinculada ao Ideflor-bio, foi a organizadora da ação, que contou ainda com aferição da pressão arterial, realizada por alunos do curso técnico de enfermagem da Escola de Ensino Técnico do Estado do Pará (EETEPA), e consulta pediátrica para crianças da comunidade, realizada por médica pediatra de Santarém.

As ações visaram levar educação ambiental aos habitantes do Ererê e também promover a saúde e a qualidade de vida. “A comunidade participou em peso da programação e eles ficaram muito felizes, principalmente, com a consulta pediátrica para as crianças”, conta a engenheira ambiental do Ideflor-bio, Nayara Hage.

Um outro momento da programação foi a visita ao Pema realizada por estudantes do colégio santareno Dom Armando, que pesquisaram sobre as pinturas rupestres existentes no Parque. O passeio foi uma forma de despertar, nos estudantes, a empatia pelo meio ambiente e por um patrimônio histórico e natural que é de todos.

Tanto a visita quanto as ações alusivas à Semana do Meio Ambiente, como um todo, são ferramentas usadas para que as pessoas se interessem pelos estudos na área do Meio Ambiente, buscando desenvolver ações que ajudem na preservação das unidades de conservação. Isto pode ajudar, inclusive, o poder público na tomada de decisões neste sentido”, assinala Nayara Hage, que acredita que crianças, adolescentes e a sociedade em geral podem ser multiplicadoras do cuidado com o meio ambiente.

A ideia é que elas disseminem a informação em casa, no seu bairro, no seu trabalho. É necessário que a população saiba a importância de mantermos a área verde, as vias públicas limpas, pois lixos expostos, por exemplo, atraem insetos, roedores e outros animais que muitas vezes se tornam vetores de doenças infectocontagiosas”, acrescenta.

As programações da Semana do Meio Ambiente são realizadas anualmente pelo Ideflor-bio, em Monte Alegre, em parceria com alguns órgãos, como Adepará, Emater, Sesma e órgãos ligados à Prefeitura de Monte Alegre, além das Escolas de Ensino Médio Francisco Nobre de Almeida e Carim Melém e a EETEPA. Grupos da sociedade civil, como o coletivo ciclístico “Amigos do Pedal”, também contribuíram para a realização da Semana. A programação encerrou em sete de junho, como uma missa na Igreja Matriz de São Francisco de Assis, em Monte Alegre.

Texto: Dilermando Gadelha – Assessoria de Comunicação do Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.