O Ideflor-bio, Missão e Visão


O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará – Ideflor-bio foi criado por meio da Lei Estadual n° 6.963, de 16 de abril de 2007 e modificado pela Lei Estadual nº 8.096, de 1º de janeiro de 2015, em atendimento à exigência da Lei Federal n° 11.284, de 02 de março de 2006, que versa sobre a Gestão de Florestas Públicas. O objetivo dessa legislação é proteger as florestas pertencentes à União, aos estados e aos municípios, bem como regulamentar o acesso a tais áreas, gerando benefícios sociais, ambientais e econômicos.

Com sede em Belém, mas circunscrição em todo o Estado do Pará, o Ideflor-bio é uma entidade de direito público, constituída sob a forma de autarquia, com autonomia técnica, administrativa e financeira. O Instituto busca exercer a gestão das florestas públicas visando a produção sustentável e a preservação da biodiversidade, incluindo entre suas funções a gestão da política estadual para produção e desenvolvimento da cadeia florestal; e a execução das políticas de preservação, conservação e uso sustentável da biodiversidade, da fauna e da flora terrestres e aquáticas no Estado.

.

Missão do Ideflor-bio


Promover o desenvolvimento sustentável dos diferentes segmentos florestais do estado do Pará, por meio de políticas públicas e da gestão das florestas. Além disso, o Ideflor-bio visa também a gestão da biodiversidade e a execução das políticas de preservação, conservação e uso sustentável da biodiversidade, da fauna e da flora terrestres e aquáticas no Estado, garantindo a transparência e a democratização dos benefícios trazidos por esses recursos à sociedade.

.

Visão do Ideflor-bio


Tornar o Pará um produtor florestal competitivo no cenário global, alicerçado em práticas sustentáveis, com alta agregação e internalização de valor econômico, social e ambiental.