Reserva de Desenvolvimento Sustentável Campo das Mangabas


A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Campo das Mangabas está localizada no município de Maracanã/PA, e consiste de uma Unidade de Conservação Estadual de Uso Sustentável, instituída conforme Decreto Nº 1.567, de 17 de junho de 2016.

Consiste em uma região com características de Cerrado com a predominância de espécies como a mangaba (Harconia speciosa), o muruci (Byrsonima sp) e o bacuri (Platonia insignis). A coleta destas frutas é realizada pelas comunidades locais, principalmente nos meses de outubro/dezembro no período da safra da mangaba e janeiro/março no período da safra do bacuri. Após a coleta, as frutas são utilizadas na fabricação caseira de doces e sucos, para consumo próprio ou venda para outras comunidades e municípios. No mês de dezembro, em decorrência da colheita do bacuri, ocorre a celebração denominada “festa do Bacuri” em que são feitas diferentes iguarias da fruta. O início do processo para a criação desta unidade de conservação foi através de solicitação conjunta, encaminhada ao órgão ambiental competente no ano de 2007, pela Associação de Pescadores e Agricultores da Comunidade de Aricuru (APEAGA) e da Comissão Pastoral da Terra (CPT), para que providências fossem tomadas no sentido de evitar as ações predatórias bem como a ocupação desordenada, a derrubada da vegetação nativa para plantio de espécies exóticas e a queima constante na área em época de estiagem.

Localização da Unidade

A Reserva de Desenvolvimento Sustentável Campo das Mangabas está situada na egião nordeste do Estado do Pará, na microrregião do salgado paraense. Limita-se a norte, leste e oeste com a Reserva Extrativista de aracanã, criada através de Decreto Federal s/n de 13 de dezembro de 2002 e ao sul com parte do trecho da PA-430. A distância até a capital do Estado do Pará é de aproximadamente 132 km e o acesso é feito inicialmente através da BR-316 até atingir as rodovias estaduais PA-127 e 395, que, por sua vez, conecta-se com a PA-430, estrada que corta o Campo das Mangabas no sentido norte-sul, interligando as várias comunidades que ali existem.

Trata-se de um campo natural de Cerrado, imerso em uma região de vegetação de mangue, com influência de marés. A área total da Reserva de Desenvolvimento Sustentável é de 7.062, 02 ha. Possui 10 pequenas comunidades em seu interior e três comunidades que utilizam esta área, porém estão fora dos limites da RDS.

A Unidade de Conservação apresenta atrativos naturais como igarapés, rios e trilhas pela vegetação. O igarapé localizado na Comunidade de Aricuru é frequentado principalmente nos finais de semana por moradores e visitantes. Outros atrativos são as trilhas ecológicas, onde é possível apreciar a fauna e flora da região. A Comunidade Martins Pinheiro é considerada ‘portão de entrada’ do Campo das Mangabas, condição que lhe é favorável à visitação. Nesta região é encontrado o igarapé Santana, o principal atrativo natural, frequentado por visitantes e comunidade local.

mapa_limite_rds


DECRETO DE CRIAÇÃO:
 Decreto RDS Mangabas – DOE 20.06.2016 – Pág. 06
 Decreto RDS Mangabas – DOE 20.06.2016 – Pág. 07

SHAPEFILES

.

Galeria de Imagens