Região Administrativa de Belém


A Região Administrativa Belém é composta por quatro Unidades de Conservação: Área de Proteção Ambiental de Belém, Área de Proteção Ambiental da Ilha do Combu, Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia e Parque Estadual do Utinga.

Gerente: Júlio Meyer Júnior

Contato: 3184-3607

E-mail: juliocvet@yahoo.com.br


O Parque Estadual do Utinga, a Área de Proteção Ambiental (APA) da Região Metropolitana de Belém, o Refúgio de Vida Silvestre Metrópole (REVIS) da Amazônia e a Área de Proteção Ambiental Ilha do Combu são as quatro Unidades de Conservação Estaduais que formam da Região Administrativa de Belém. Entre os mais de 16.000 ha de área protegida, 7.760 hectares (47%) correspondem a UCs de Proteção Integral – o Parque Estadual do Utinga e o Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia.

O Parque Estadual do Utinga, formado por florestas de terra firme e inundadas abriga os principais mananciais de água doce da região. Os Lagos Bolonha e Água Preta distribuídos em quase 400 ha de lâmina d’água, com volumes de 2 e 10 bilhões de litros de água, respectivamente, são responsáveis pelo abastecimento, de forma direta ou indireta, a 65% da população da Região Metropolitana de Belém.

Atualmente, aproximadamente 150 mil pessoas moram no entorno dessas terras, sendo uma das principais ameaças à governabilidade do Poder Público.

Imagem 1. Mapa de localização das Unidades de Conservação da Região metropolitana de Belém.

Projeto_DGMUC_2 (2)
CONSELHO GESTOR