APA Triunfo do Xingu


A Área de Proteção Ambiental Triunfo do Xingu foi criada pelo Decreto Estadual n°. 2.612 de 04 de dezembro de 2006, possuindo uma área total de 1.679.280,52 ha, na qual 1.102.779,30 ha (66%) situam-se no município de São Félix do Xingu e 576.501,22 ha (34%) no município de Altamira. Essa Unidade de Conservação integra o grande Mosaico de Áreas Protegidas da Terra do Meio, constituído por UCs Federais e Estaduais, além de Terras Indígenas na região do Xingu.

Os principais objetivos da APA Triunfo do Xingu são: proteger a diversidade biológica; disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais. As regras de uso das áreas sob domínio público são instituídas pelo órgão gestor, e as áreas privadas deverão seguir a legislação vigente.

A APA Triunfo do Xingu destaca-se pelas belezas cênicas, a biodiversidade características das Florestas Úmidas do Interflúvio Tapajós-Xingu e pelo vasto conhecimento das populações locais na agricultura de pequeno porte, extrativismo, pecuária e no processamento de produtos agropecuários. No verão, o rio Xingu proporciona agradáveis áreas de lazer nas praias e ilhas, atraindo turistas de diversas regiões do Estado e, além disso, possibilita atividades de pesca esportiva.

Para se chegar à APA, o acesso principal é feito pelo município de São Felix do Xingu, que está à 1.200 Km da capital do Estado do Pará (Belém), realizado via terrestre pela Rodovia PA-279, levando em média 12h de viagem. Outra opção para se chegar à UC é o transporte aéreo que, partindo de Belém, tem duração de 5h.

 Decreto Estadual 2612-2006 (Cria ATX)

Galeria de Imagens