ESEC do Grão Pará instala placas de sinalização

A equipe da Região Administrativa Calha Norte III, do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio), realizou entre os meses de julho e agosto uma expedição com o objetivo de instalar placas de sinalização nos limites da Estação Ecológica (ESEC) do Grão Pará.
.
As placas foram instaladas com o apoio dos indígenas, que serviram de guia para a equipe no caminho de difícil acesso até o ponto limite entre a Estação Ecológica e a Floresta Estadual de Trombetas, onde as placas foram colocadas. O deslocamento até os pontos de instalação durou cerca de três dias.
.
As placas de sinalização servem para identificar aos que passam na região que aquele local é uma Unidade de Conservação Estadual, e está sujeita a regras estabelecidas no plano de manejo da unidade. As atividades foram realizadas com apoio do Programa Áreas Protegidas da Amazônia (ARPA).
.
A Unidade de Conservação está localizada à margem esquerda do Rio Amazonas no oeste do Pará, região conhecida como Calha Norte paraense, e abrange quatro municípios: Oriximiná, Óbidos, Alenquer e Monte Alegre. A ESEC do Grão Pará apresenta elevado nível de preservação de seus recursos naturais, formando com outras unidades de conservação e terras indígenas da região, o maior bloco de florestas protegidas no mundo.

Comentários estão desabilitados.