Comunidade do Abacatal participa de curso de Turismo em Bases Sustentáveis

A Comunidade Quilombola do Abacatal/Aurá participa, desde a última segunda feira (23), do curso de Turismo em Bases Sustentáveis, ofertado pela Secretaria de Estado de Turismo (Setur) com o apoio do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-bio). O curso, que tem duração de 40 horas, esta sendo ministrado pelo Instituto Pará Cidadão.

Vinte comunitários participam do curso, que foi um dos encaminhamentos da ultima Reunião Ordinária do Conselho Gestor do Refúgio de Vida Silvestre Metrópole da Amazônia, Unidade de Conservação Estadual, localizada na área conhecida como “Pirelli”.

“A comunidade Quilombola do Abacatal/Aurá tem potencial indiscutível para o turismo. É possível encontrar árvores centenárias e ruínas que datam da época em que a escravidão ainda era uma prática comum no país”, ressalta Júlio Meyer, gerente da Unidade.

Segundo Júlio, a efetivação do curso visa fortalecer a comunidade do Abacatal para realização de serviços de turismo dentro de bases sustentáveis, valorizando sobretudo o patrimônio natural e histórico da região.

Comentários estão desabilitados.