Ideflor-bio ministra curso prático de produção de mudas em Mosqueiro

O Projeto de Assentamento (PA) Paulo Fonteles, no Distrito de Mosqueiro, recebeu nos dias 24 e 25 deste mês um “Curso Prático de Produção de Mudas”. A atividade foi realizada pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), através da Diretoria de Desenvolvimento da Cadeia Florestal (DDF), em parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra).

A implantação do Projeto PROSAF beneficiou diretamente 30 agricultores familiares com a realização do curso, que visa a recuperação de áreas alteradas e outros benefícios a partir da implantação de Sistemas Agroflorestais – SAFs Comerciais. O Projeto está em implantação no assentamento desde 2011 e contará ainda com a realização de atividades como a mecanização e a correção do solo, dias de campo e plantio das mudas.

Nos dois dias foram realizadas práticas de formulação de substrato para sacos plásticos e tubetes, onde foram disponibilizados insumos e técnicas de qualidade à agricultura familiar. O viveiro instalado no PA tem capacidade para 49.000 mudas, sendo que ao final desta atividade 2.484 mudas já haviam sido produzidas, entre elas de pupunha, castanha do pará, açaí e maracujá.

Os agricultores receberam ainda sementes de várias espécies florestais, as quais serão semeadas em atividades de mutirões de produção de mudas, realizadas pelos agricultores e supervisionadas pelos técnicos do Ideflor-bio.

O projeto de assentamento Paulo Fonteles está situado na estrada da Baia do Sol, distante cerca de 5 km da estrada do Carananduba e possui uma área total de 927,9399 hectares, sendo parte utilizada como reserva ambiental. No local, as famílias praticam a horticultura, a piscicultura, a criação de pequenos animais e a extração do látex da borracha para uso no artesanato e culturas de subsistência como a mandioca.


✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.