“Projeto AgroVárzea” define cronograma de atividades com comunidades

Foi realizada nesta quarta-feira, 17, no auditório do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), a 2ª etapa da Oficina de planejamento do “Projeto AgroVárzea”, que definiu o cronograma de atividades, escolhas das áreas que serão implantadas as Unidades de Referência Tecnológicas (URT) e ações a serem concretizadas nas comunidades do Combu, Sítio Bom Jesus, Abacatal, Santo Amaro e Ponta Negra.

O calendário estabelecido marca atividades até o primeiro semestre de 2017, que abordarão temas como sistemas agroflorestais, classificação de produtos, manipulação e beneficiamento de alimentos, intercâmbios, sistemas de irrigação, elaboração de roteiro turístico e hospitalidade de turistas.

O “Projeto AgroVárzea” é iniciativa da Gerência da Região Administrativa de Belém (GRB), do Ideflor-bio, e incentiva a Agricultura Familiar e o Turismo Rural, com a diversificação da produção das comunidades de populações tradicionais que estão dentro e no entorno das Unidades de Conservação (UC) próximas à Belém, priorizando as espécies nativas de interesse da população local, além de buscar resultados positivos relacionados tanto ao aspecto ambiental, quanto ao aspecto social, econômico dentro das UC’s.

A agricultura familiar é alicerçada em princípios que estabelecem uma relação harmoniosa do homem com o meio ambiente. A sustentabilidade que essa forma de produzir promove é o que irá garantir a continuidade das próximas gerações. Já o Turismo Rural surge como alternativa de geração de renda e desenvolvimento em áreas rurais produtivas, relacionado a vivência em propriedades rurais nas quais o turista participa das diferentes atividades desenvolvidas neste espaço, quer como lazer ou aprendizado.

A 1º etapa da oficina foi realizada no último dia 10, onde foram discutidas com os participantes as linhas de ações do projeto, que se baseiam na capacitação em manejo sustentável de sistemas de produção, no turismo rural e na venda direta, a fim de buscar soluções para as problemáticas de cada comunidade.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


GALERIA DE FOTOS: 
0220160817_095331

Comentários estão desabilitados.