Comunidades do entorno do Parque do Charapucu recebem curso de manejo

A equipe da Gerência Administrativa do Marajó (GRM), do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), se encontra no município de Afuá, realizando ações de Gestão do Parque Estadual do Charapucu. Nesta segunda feira, 24, a equipe promove, em três comunidades do entorno do Parque Charapucu, um curso de manejo de açaizais, objetivando a mudança da forma de exploração dos açaizais existentes na região, que atualmente sofre com a retirada indiscriminada de palmito sem o manejo adequado, prejudicando toda a cadeia ecológica local. A atividade se estende até o dia 29 deste mês.

A ação, que se estende até o dia 29 deste mês, tem parceria com a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado do Pará (EMATER), com orientações dos técnicos extensionistas Alfredo Rosas e Darcileide Correa (Gerente do Escritório de Afuá), que junto com o Engenheiro Florestal do Ideflor-Bio, Kleber Perotes, levarão o conhecimento do manejo para os moradores do entorno do Parque. Os participantes do curso receberão cartilhas, doadas pela Embrapa de Amapá, além do apoio do Batalhão de Polícia Ambiental (BPA), que se encontra presente em todas as ações de gestão da Gerência.

PRESERVAÇÃO – A Gerente do Parque, Socorro Almeida e a Bióloga Rosângela Souza, em companhia do Secretário Municipal de Meio Ambiente de Afuá, Décio Quintas, visitaram ainda no domingo (23), o “Projeto Quelônios da Amazônia”, de responsabilidade do IBAMA, na Ilha dos Camaleões, em Afuá. O Projeto visa a preservação das tartarugas da Amazônia, principalmente as da espécie Podocmenis expansa.

CONSELHO GESTOR – No último dia 21 também foi realizada a reunião do Conselho do Parque, no auditório da Secretaria Municipal de Educação, onde estavam presentes o Promotor Público, Dr. Daniel Mondego e o Defensor do município, Dr. Hélio Furtado, que esclareceram as dúvidas dos Conselheiros sobre a Unidade de Conservação.

O Parque Estadual do Charapucu (PEC) é uma Unidade de Proteção Integral, localizada no município de Afuá, no Arquipélago do Marajó, conhecido por seus moradores como “Veneza da Ilha do Marajó”, por apresentar diversos canais e palafitas. A hidrografia tem influência direta sobre os moradores dessa região, apresentando grande importância econômica e ecológica, desatacando-se como o único meio de comunicação e transporte entre as vilas. As principais atividades da população local são a pesca, extração vegetal e agricultura.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


GALERIA DE FOTOS:
img_20161021_083857078 img_20161021_111609633 img_20161021_162810391
img_20161023_090206680 img_20161023_090238219

Comentários estão desabilitados.