Parque do Utinga incentiva a prática de “Birdwatching”

A Gerência da Região Administrativa de Belém (GRB), do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) elaborou uma lista de espécie de aves do Parque Estadual do Utinga, que concentra o nome científico e vulgar de quase 200 espécies de aves, com o objetivo de incentivar a prática de “Birdwatching” dentro da Unidade de Conservação.

O Parque do Utinga tem entre seus objetivos a realização do turismo ecológico e a conservação da biodiversidade. A área conta com ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica, além de uma avifauna riquíssima, que possibilita o encontro de diversas espécies amazônicas no local. Por conta disso, o Ideflor-bio vem estruturando o serviço de apoio aos praticantes da “observação de pássaros” ou “birdwatching”, e em parceria com a Secretaria de Estado de Turismo (Setur) formou condutores de atrativos naturais e desenvolve a capacitação continuada dos condutores para uma melhor prestação do serviço.

A atividade de recreação, fundamentalmente educacional, é praticada ao ar livre e prega os princípios da conservação ambiental, pois os praticantes, além de colecionar os registros através de fotos, sonorização e outros meios, têm a possibilidade de fornecer dados sobre as observações para auxiliar em pesquisas e na gestão de áreas protegidas. Sendo assim, a atividade está ligada diretamente ao ecoturismo, por suas características de preocupação com a conservação do ambiente visitado e dos ecossistemas envolvidos.

Segundo Júlio Meyer, Gerente da GRB/Ideflor-bio, de acordo com dados do Serviço Americano de Pesca e Vida Selvagem, a observação de aves movimenta cerca de US$ 40 bilhões por ano e tem grande potencial de crescimento na Região Metropolitana de Belém. Ainda segundo o gerente, as Unidades de Conservação da região, especialmente o Parque Estadual do Utinga e o Refúgio de Vida Silvestre (Revis) Metrópole da Amazônia tem grande potencial para a atividade. “A promoção do avistamento de aves, além de valorizar a biodiversidade local, colabora com a preservação das espécies de aves da região e se apresenta como mais uma alternativa de renda para a população local.”, finalizou.

A lista de espécies de aves do Parque Estadual do Utinga está disponível para download no site do Ideflor-bio (www.ideflorbio.pa.gov.br).


✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.