Segunda turma do projeto “Jovens Protagonistas” é certificada pelo Ideflor-bio

Foi formada, nesta sexta-feira (30), a segunda turma do Projeto “Jovens Protagonistas”, formada por alunos da Escola Estadual de Ensino Fundamental Ruth Passarinho, do bairro do Utinga. A atividade, que incentiva a conscientização ambiental, a importância da preservação do meio ambiente, de seus recursos naturais e apoia o protagonismo da juventude, é de realização do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio).

O projeto, que encerra o cronograma de atividades de 2016, busca novas lideranças e estimula a participação dos jovens na sociedade de forma crítica, além de conscientizá-los sobre a questão ambiental em que o planeta se encontra, para que possam desempenhar papel relevante em busca da melhor alternativa para a comunidade em que estão inseridos. A primeira turma dos “Jovens Protagonistas” foi formada em maio deste ano. A meta é que pelo menos mais três sejam formadas em 2017.

A capacitação, que durou 5 dias, foi realizada no auditório do Instituto, onde a turma assistiu a uma série de vídeos explicativos, abordando assuntos sobre o desenvolvimento sustentável, impactos ambientais, uso dos recursos naturais, questões ambientais, econômicas e sociais, conceitos de natureza e meio ambiente, o que proporcionou um válido bate-papo entre os presentes.

Dentre as atividades da semana, houve a ida ao Parque Estadual do Utinga, onde a turma teve acesso ao Lago Bolonha e à Estação de Tratamento de Água da Companhia de Saneamento do Pará (Cosanpa). Durante a visita os jovens tiveram conhecimento sobre todo o processo de limpeza de água e o trabalho realizado pela Estação.

Outra visita também realizada foi ao aterro de Marituba, onde os jovens foram orientados quanto ao funcionamento do local, o controle de entrada de entulhos, pesagem dos caminhões, descarregamento, processo de triagem, entre outros. Os jovens também foram alertados sobre a importância da reciclagem de lixos, ação que economiza energia, poupa recursos naturais e traz de volta ao ciclo produtivo o que é jogado fora.

Os alunos, que receberam certificados ao final do curso, também foram incentivados a elaborarem projetos para solucionar problemas ambientais no bairro ondem vivem, onde cada grupo explanou sua idéia aos presentes.

De acordo com Júlio Meyer, Gerente da Região Administrativa de Belém, da Diretoria de Gestão e Monitoramento das Unidades de Conservação (GRB/DGMUC/Ideflor-bio), o projeto objetiva conscientizar os jovens da situação ambiental do mundo em que vivem. “Queremos que eles percebam quais são os desafios que o meio ambiente enfrenta e criar neles um sentimento mais crítico sobre o assunto, para que futuramente eles repassem esses conhecimentos adiante, criando novos formadores de opinião”, finalizou.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


GALERIA DE FOTOS:
visita-aterroprojetos-1projetos-3projetos-5

projetos-6cosanpa-4img-20160929-wa0038img-20160929-wa0042

cosanpa-5cosanpa-6cosanpa-7visita-peut-4

visita-peut-3visita-peut-1

 

Comentários estão desabilitados.