Ideflor-bio identifica vegetação do Complexo Esportivo do Mangueirão

Com o objetivo de embasar ambientalmente o Projeto Arquitetônico no Complexo Esportivo do Mangueirão, o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) finalizou este mês, o trabalho de identificação da vegetação na área, atendendo a solicitação da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (SEDOP).

A identificação de vegetação foi realizada pelo biólogo e identificador botânico, Carlos Renato Boelter, e pela bióloga Rilary da Silva Antônio José, ambos do Ideflor-bio. O trabalho teve início em dezembro de 2016 e resultou em uma lista das espécies arbóreas devidamente identificadas, além de algumas espécies relevantes arbustivas e herbáceas. As arbóreas foram devidamente numeradas e emplacadas, assim como o seu estágio de sucessão florestal e seu status de conservação, segundo a Resolução COEMA n° 54, de 24/10/2007.

Também foram identificadas e registradas 30 (trinta) espécies de árvores na área de estudo do Complexo Esportivo Mangueirão, totalizando aproximadamente 800 (oitocentos) espécimes ou indivíduos, entre elas o tucumã, açaí, ingá, murici-da-mata, sucupira, marupá, taberebá e a ucuúba-branca.

✎Texto: Denise Silva / Ascom Ideflor-bio


GALERIA DE FOTOS:

Turnera sp (Turneraceae)

Turnera sp (Turneraceae)

Palheteira Clitoria racemosa

Palheteira Clitoria racemosa

Mimosa pudica (Fabaceae)

Mimosa pudica (Fabaceae)

Imagem de satélite do Complexo Esportivo Mangueirão e os 3 setores estabelecidos

Imagem de satélite do Complexo Esportivo Mangueirão e os 3 setores estabelecidos

Fitofisionomia de Mata Secundária

Fitofisionomia de Mata Secundária

Cecropia distachia (Urticaceae)

Cecropia distachia (Urticaceae)

Estádio do Mangueirão

Estádio do Mangueirão


Comentários estão desabilitados.