Comunitários são capacitados como Agentes Ambientais Comunitários em Monte Alegre

Trinta moradores de comunidades situadas na Área de Proteção Ambiental (APA) Paytuna, no município de Monte Alegre, no oeste paraense, participaram do 3º Módulo do Programa de Agentes Ambientais Comunitários (AAC), em outubro deste ano. O programa é uma iniciativa do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon), desenvolvido em parceria com o Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio), por meio da Gerência da Região Administrativa da Calha Norte I.

As atividades contaram com o apoio do Corpo de Bombeiros Militar do Pará (CBM-PA). Neste módulo, a abordagem envolveu noções de sobrevivência na selva e primeiros socorros, orientação e deslocamento com uso de bússola, nós e amarras, técnicas para obtenção de fogo, definição de local, montagem de abrigos e os tipos mais recomendados, animais peçonhentos, resgate aquático e em local de difícil acesso, noções de Atendimento Pré-Hospitalar (APH) e transporte de feridos, além de treinamento básico de prevenção a incêndios.

Integrados ao programa, os participantes são membros das comunidades do Ererê, São Diogo, Lages e Aldeia. Trata-se de uma iniciativa de voluntariado, onde as comunidades participam ativamente da gestão ambiental das Unidades de Conservação (UC). A formação de um AAC passa por etapas como sensibilização, planejamento, capacitação, planos de trabalho, credenciamento, monitoramento e outras capacitações adicionais.

Produtor Sustentável – O quarto e último módulo da capacitação inicia neste mês e tratará sobre o uso sustentável dos recursos naturais. Os temas abordados serão o novo código florestal – áreas de preservação permanente e Reserva Legal (RL), a meliponicultura, a roça sem fogo, Sistemas Agroflorestais (SAF), pecuária sustentável e, ainda, o uso público dos territórios.

“É de grande relevância para as Unidades de Conservação a realização de programas como o de formação de Agentes Ambientais Comunitários, o qual aproxima a comunidade da gestão, sensibiliza-os para as questões ambientais. Desta forma, conquistamos grandes parceiros na proteção e conservação dos recursos naturais”, ponderou Andreia Dantas, gerente interina da Região Administrativa Calha Norte I do Ideflor-bio.

Fotos: Divulgação/Ideflor-bio.

Comentários estão desabilitados.