Lançado o edital para contratação do plano de gestão da Flota Iriri

A Conservação Internacional (CI), agência executora do Projeto Paisagens Sustentáveis da Amazônia (Amazon Sustainable Landscape), lançou o edital de chamada pública, objetivando a contratação de empresa especializada para elaborar o Plano de Gestão da Unidade de Conservação Floresta Estadual (Flota) do Iriri, localizada no município de Altamira, no sudoeste paraense. Encerra no próximo dia 10 de março, às 18h, o prazo para que as empresas interessadas enviem suas manifestações eletronicamente.

A Flota do Iriri é uma das 26 Unidades de Conservação (UC) Estaduais geridas pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio). A elaboração do Plano de Gestão da Flota do Iriri é uma das ações contempladas pelo Plano Operacional Anual (POA), biênio 2020-2021, aprovado durante a 2ª Reunião do Comitê Operacional do Paisagens Sustentáveis, realizada em Brasília, nos dias 29 e 30 de janeiro deste ano.

Neste contexto, o lançamento do edital atende à demanda apresentada ao projeto pelo Instituto, uma vez que o Plano de Gestão da Flota do Iriri é uma das metas do Plano Plurianual 2020-2023. Além de estar inserido no Plano Anual de Outorga Florestal (PAOF) de 2020 da União, que determina áreas para a concessão florestal. O processo de contratação da empresa será acompanhado pelo Ideflor-bio.

Gerente da Região Administrativa do Xingu (GRX), responsável pela UC, Dilson Lopes explicou que o plano de gestão tem como objetivo zonear e apontar o direcionamento de quais atividades poderão ser desenvolvidas dentro daquele território, que possui mais de 440 mil hectares. “A atividade de manejo de madeira é a principal delas. Existe a possibilidade de turismo, manejo de produtos não madeireiros, pesquisa, entre outros. Serão feitos inventários de fauna e flora, para que possamos verificar as potencialidades”, ponderou o gerente.

Metas – A elaboração dos planos de gestão da Flota do Iriri e da Área de Proteção Ambiental (APA) Triunfo do Xingu, delimitada entre Altamira e São Félix do Xingu, estão entre as metas do Governo do Estado. “Iniciamos pela Flota do Iriri, que é uma área extremamente conservada. A partir da implementação de todos os inventários e zoneamentos das atividades, faremos com que aquela UC seja produtiva para o Estado. Além de ser um acervo natural da fauna e flora, a floresta precisa ser produtiva”, pontuou a presidente do Ideflor-bio, Karla Bengtson.

Projeto – O Paisagens Sustentáveis da Amazônia é financiado pelo GEF (Global Environment Facility) e está inserido dentro de um programa regional voltado especificamente à Amazônia, envolvendo Brasil, Colômbia e Peru. O Banco Mundial é a agência implementadora, que tem como diretriz principal a visão integrada do bioma Amazônico. No Brasil, o Ministério do Meio Ambiente, por meio da Secretaria de Biodiversidade (SBio/MMA), é a instituição coordenadora do projeto, responsável pela supervisão, articulação institucional e monitoramento da implementação.

No Pará, o projeto é operado conjuntamente pelo Ideflor-bio e pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas). E também está alinhado aos objetivos estratégicos do GEF, de melhorar a sustentabilidade dos sistemas de Áreas Protegidas, reduzir as ameaças à biodiversidade, recuperar áreas degradadas, aumentar o estoque de carbono, desenvolver boas práticas de manejo florestal, além de fortalecer políticas e planos voltados à conservação e recuperação.

Flota – A Floresta Estadual (Flota) do Iriri é uma das 26 Unidades de Conservação (UC) Estaduais do Pará. Foi criada a partir do Decreto Estadual no 2.606 de 04/12/2016 e abrange uma área de 440.493 hectares. Gerida pelo Ideflor-bio, a Flota do Iriri tem o objetivo de uso múltiplo sustentável dos recursos florestais e ambientais, e gestão da reserva legal de forma compatível com a conservação de sua biodiversidade.

Serviço

Acesse o edital de chamada pública para a elaboração do Plano de Gestão da Floresta Estadual do Iriri nos links: https://www.conservation.org/docs/default-source/brasil/gef-asl-compras-e-contracoes/90451—mi-tdr-no-14-20.pdf / https://www.conservation.org/docs/default-source/brasil/gef-asl-compras-e-contracoes/90451—tdr-flota-do-iriri.pdf

As manifestações deverão ser encaminhadas por e-mail, até o dia 10 de março de 2020, às 18h, devidamente identificadas como “TdR Nº 14/2020-CI-BR–90451–CS-SBQC – NOME DA EMPRESA”, no seguinte endereço eletrônico: aslcomprasbr@conservation.org.

Texto: Pryscila Soares – Assessoria de Comunicação do Ideflor-bio

Comentários estão desabilitados.