Estado age rápido e coíbe invasão em Unidade de Conservação

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-bio) recebeu denúncia encaminhada pela Procuradoria-Geral do Estado (PGE) sobre uma invasão que estaria sendo iniciada em uma área na zona de amortecimento do Parque Estadual do Utinga Camillo Vianna, dentro dos limites da Área de Proteção Ambiental – APA Belém. O Batalhão de Polícia Ambiental (BPA) foi acionado e, imediatamente, seguiu para o local acompanhado de servidores do Ideflor-bio.

A guarnição constatou a veracidade da denúncia e conseguiu impedir a continuidade da invasão. Algumas pessoas que estavam no local fugiram para a mata. Contudo, uma delas permaneceu no local e se identificou como responsável pela ação.

O homem foi convocado para prestar esclarecimentos ao Ideflor-bio, o qual já iniciou as averiguações sobre o ocorrido. O objetivo é identificar todos os responsáveis, tendo em vista que se trata de uma área que abriga duas Unidades de Conservação da Natureza Estaduais, geridas pelo Instituto. O caso está em investigação e militares do BPA realizam rondas pelo local para conter novas invasões.

Comentários estão desabilitados.