IDEFLOR – Bio promove evento alusivo ao novembro azul

O IDEFLOR-Bio promoveu uma manhã consciente para os servidores realizando uma palestra em alusão ao novembro azul com o tema: “Homens que se cuidam, tem atitude! Seja herói da sua saúde”, com o objetivo de conscientizar e prevenir o câncer de próstata, mediada pela renomada palestrante: Welida Torres, Enfermeira do Hospital Público Estadual Galileu – HPEG.

A palestra foi precedida em um café da manhã e contou com a presença ilustre da Presidente do Instituto Karla Bengtson .Ela falou sobre a importância da palestra com intuito de esclarecimento para os servidores. Segundo a Presidente, “É de grande importância sensibilizar e multiplicar as informações para que possamos proporcionar qualidade de vida para os nossos servidores”.

A palestrante Welida Torres, destacou que a iniciativa do IDEFLOR- Bio é muito importante, pois incentiva a conscientiza e previne. De acordo com a enfermeira, esse momento de conscientização em relação ao câncer de próstata é muito válido porque o homem negligencia muito a sua saúde não indo ao médico, então a atitude do Instituto em promover esse espaço mostra o quanto é relevante a saúde de seus servidores.

Alberto Velasco, funcionário terceirizado que presta serviço ao IDEFLOR-Bio, também elogiou bastante a iniciativa e mencionando que “foi muito gratificante pois foi um momento em que pude esclarecer várias dúvidas relacionadas ao tema”.

O câncer de próstata é um dos tipos mais frequentes da doença a atingir os homens por todo o país. Apesar de ser uma doença comum, por medo ou por desconhecimento, muitos homens preferem não conversar sobre esse assunto.

Curiosidades
Mas afinal, você sabe o que é a próstata? A próstata é uma glândula masculina que envolve a parte superior da uretra: o canal por onde passa a urina. Ela não é responsável pela ereção nem pelo orgasmo, sua função é produzir um líquido que vai ser parte do sêmen.
Com isso, o câncer de próstata é o crescimento descontrolado de algumas células do corpo que geram tumores cancerígenos, e é considerada uma doença da terceira idade, já que aproximadamente três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos

Prevenção
Manter hábitos saudáveis é a melhor forma de evitar a doença. Uma alimentação balanceada com frutas, verduras, legumes, grãos e cereais integrais, aliada a uma ingestão menor de gordura, ajudam a diminuir o risco de câncer. Da mesma forma, fazer uma atividade física ao menos 30 minutos por dia, manter o peso adequado à altura (já que estudos recentes mostram maior risco de câncer de próstata em homens com peso corporal elevado), diminuir o consumo de álcool e não fumar, são algumas das recomendações que ajudam a prevenir contra essa e outras doenças.

Sintomas
Além de ter uma taxa de mortalidade alta, o câncer da próstata não apresenta nenhum sintoma nas fases iniciais ou, quando apresenta, são semelhantes aos do crescimento benigno da próstata: dificuldade de urinar, necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite. Quando na fase avançada, pode provocar dor óssea, sintomas urinários ou, quando mais grave, infecção generalizada ou insuficiência renal.

Detecção
Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), existem duas diferentes estratégias para o diagnóstico: uma destinada às pessoas que apresentam sinais iniciais da doença (diagnóstico precoce) e outra voltada para pessoas sem nenhum sintoma e aparentemente saudáveis (rastreamento).

Para isso, são realizados dois tipos de exames:

Exame de toque retal – O médico avalia tamanho, forma e textura da próstata, introduzindo o dedo protegido por uma luva lubrificada no reto. Este exame permite palpar as partes posterior e lateral da próstata.

Exame de PSA – É um exame de sangue que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico (PSA). Níveis altos dessa proteína podem significar câncer, mas também doenças benignas da próstata.


Comentários estão desabilitados.