• Home
  • Área de Proteção Ambiental Paytuna

ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL PAYTUNA

A Área de Proteção Ambiental é uma área em geral extensa, com um certo grau de ocupação humana, dotada de atributos abióticos, bióticos, estéticos ou culturais especialmente importantes para a qualidade de vida e o bem-estar das populações humanas, e tem como objetivos básicos proteger a diversidade biológica, disciplinar o processo de ocupação e assegurar a sustentabilidade do uso dos recursos naturais.

A Área de Proteção Ambiental Paytuna é uma Unidade de Conservação da Natureza (UC), criada pela Lei Estadual n° 6.426, de 17 de dezembro de 2001. A unidade de conservação, que teve seus limites retificados pela Lei Estadual n° 7.692, de 3 de janeiro de 2013, apresenta área de 582,51 km2 (58.251 ha).

A APA reúne um conjunto de atrativos altamente relevantes no aspecto paisagístico e de grande beleza natural, apresentando sítios arqueológicos de cerâmica, cavidades naturais, áreas rochosas de onde é possível ter uma bela vista de lagos naturais que circundam a área, além da vegetação de cerrado. 

As comunidades da APA têm sua economia de subsistência baseada nas atividades agroextrativista e pecuária. A agricultura tem grande importância para as comunidades, concentra-se em pequenas propriedades e com baixo nível tecnológico, sendo a mandioca um dos produtos mais cultivados. O extrativismo tem sua base na extração do buriti, açaí e da palha branca. A pesca com característica artesanal tem fins de consumo e venda. A pecuária além de servir para a alimentação é um investimento.

  • Objetivos da UC: Segundo o plano de manejo da APA Paytuna, sua missão é proteger os recursos naturais aquáticos, conservar a diversidade de paisagens e fitofisionomias florestais, os ambientes de transição entre campos naturais, florestas primárias e áreas de várzea, compatibilizando a produção rural e a manutenção dos ambientes naturais.
  • Atrativos turísticos e/ou naturais mais relevantes da UC: As principais atividades existentes são visitas ao Igarapé do Ererê e à Praia da Ponta do Periquito, atividades culturais como festas religiosas e torneios de argolinha e futebol.

Quando ir

Como chegar

É possível chegar até a APA a partir de Santarém, que está ligada a Belém através de vôos comerciais diários. Partindo de Santarém, navega-se em balsas, em torno de duas horas, até o Distrito Portuário de Santana do Tapará. Prosseguindo via terrestre pela PA-255 e depois até os diversos ramais que dão acesso à APA Paytuna. O acesso à unidade está marcado principalmente por estradas secundárias e ramais de terrenos arenosos, o que requer veículos tracionados do tipo 4×4 para trafegá-las.

  1. Trecho Fluvial entre Santarém e Santana do Tapará
  • Balsa Camila Navegação horários de viagem:
Santarém - Santana do Tapará
Santana do Tapará - Santarém
Segunda a Sexta
Segunda a Sexta
07:00
04:00
13:00
10:00
17:00
16:00
19:00
20:00
Sábado
Sábado
07:00
04:00
13:00
10:00
19:00
16:00
Domingo
Domingo
07:00
10:00
13:00
15:00
19:00
16:00
21:00

A balsa Camila tem saída do Porto do DR em Santarém:www.google.com/maps/dir//-2.4252756,-54.6989526/@-2.4252487,-54.7014904,17z

2. Trecho rodoviário entre Santana do Tapará e Monte Alegre

  • Viação Marte

    (93) 99123-7074

  • Plínio Tapará (93) 99152-2099
  • Valor da passagem: R$ 30,00 (Ônibus fortaleza e Santa Rosa)
  • Horários:
Santana do Tapará-Monte Alegre (sede)
Monte Alegre-Santana do Tapará
Conforme os horários de chegada da balsa e lancha.
Em torno de 2hrs antes dos horários de saída da balsa.

O valor das passagens de ônibus varia entre R$ 25,00 a R$ 30,00.

Atrativos turísticos

Lagos Grande de Monte Alegre

O Lago Grande de Monte Alegre é o maior e mais importante lago da APA Paytuna e da região, com aproximadamente 83.100 hectares no período da cheia.

Comunidades

A APA é composta por 25 comunidades que com seu estilo de vida simples, juntamente com a culinária e tradições são um importante atrativo da APA.

Vegetação (Floresta e Cerrado)

A vegetação da APA reflete a riqueza de ecossistemas presentes na Amazônia, além das florestas tropicais inundáveis e de terra-firme, na unidade de conservação também podem ser encontradas áreas de cerrado.

Sítios Arqueológicos e históricos

na região da APA Paytuna foram identificados dezoito sítios entre arqueológicos e históricos que apresentam materiais cerâmicos e históricos.

O que fazer

Passeio fluviais pelos lagos e igarapés (período de cheia), trilhas, visitar comunidades, participar de eventos culturais (festival do buriti), visitar balneários (igarapés), praia (Ponta do Periquito), pesca esportiva no Lago Grande e canoagem.

Centro de Visitação, Parque Estadual Monte Alegre, s/nº. Zona Rural. CEP: 68.220-000. Monte Alegre – PA.

Gerente da UC: Jorge Luis dos Santos Braga

E-mail: jlsbraga@yahoo.com.br

Telefone: (93) 99123-5780.

Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará

Avenida João Paulo II, S/N Belém – PA
Horário de Atendimento: das 08:00h às 17:00h de segunda a sexta-feira

Rolar para cima
Pular para o conteúdo