Ideflor-Bio e Ministério Público discutem ações de proteção para APA Algodoal-Maiandeua

Encontro abordou a atualização do Plano de Manejo e do Conselho Gestor da Unidade de Conservação localizada no nordeste paraense

Gestores do Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio) receberam, na segunda-feira (29), a promotora de Justiça titular de Maracanã, Brenda Melissa Braga, para tratar de assuntos relacionados à Área de Proteção Ambiental (APA) Algodoal-Maiandeua, no nordeste paraense.

Durante o encontro, o presidente do Instituto, Nilson Pinto, ressaltou a importância da atualização do Plano de Manejo da APA Algodoal-Maiandeua, que está prevista para este ano. O documento é fundamental para orientar a gestão da Unidade de Conservação (UC), estabelecendo diretrizes e ações para a proteção e uso sustentável dos recursos naturais presentes na área.

A equipe do Ideflor-Bio destacou ainda a necessidade da renovação e do diálogo constante com o Conselho Gestor da UC, que é composto por representantes da sociedade civil, do poder público e de instituições relacionadas ao meio ambiente. A participação ativa do Conselho garante a efetividade das medidas de conservação na APA Algodoal-Maiandeua.

Outro ponto discutido na reunião foi a importância de ações integradas entre o Instituto, o município, a Superintendência do Patrimônio da União (SPU), a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semas) e o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA). Essa cooperação visa fortalecer as ações de monitoramento e fiscalização das atividades que ocorrem na área, visando à preservação dos recursos naturais e o combate a práticas ilegais que possam prejudicar os ecossistemas.

Diálogo – Para Nilson Pinto, a reunião com a promotora de Justiça de Maracanã demonstra a preocupação das instituições em promover ações efetivas de proteção ambiental na APA Algodoal-Maiandeua. “O diálogo e a integração entre os diversos atores envolvidos são fundamentais para o sucesso dessas medidas e para a preservação desse importante patrimônio natural do Pará”, enfatizou.

A APA Algodoal-Maiandeua, localizada no litoral norte do Pará, é uma importante área de preservação ambiental, que abriga rica biodiversidade e diversos ecossistemas, como manguezais, dunas, praias e áreas de restinga. A proteção desse patrimônio natural é fundamental para garantir sua manutenção e a qualidade de vida das comunidades locais.

Artigos Recentes
Notícias
Vinicius

Estudo De Recategorização Uc Salvaterra

O Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade (Ideflor-Bio) informa que, nesta quinta-feira (15), chega ao fim o segundo período do defeso do caranguejo-uçá, uma espécie muito importante para os

Saiba mais...
Rolar para cima
Pular para o conteúdo